A fundadora da empresa Coisas Brancas é nascida em Blumenau e foi criada em Caçador, no Oeste de Santa Catarina, para onde seus pais transferiram residência. Sua mãe mantinha um armazém de “secos e molhados” e, atrás do balcão, costurava roupas para seus 3 filhos. Foi com ela que teve seu primeiro contacto com a costura.

Seu pai foi carpinteiro, construtor de casas e silos para trigo, no Oeste Catarinense.
Após fechar o armazém, sua mãe se dedicou a um novo negócio, venda de usados como roupas, calçados, louças, etc. Paralelamente, continuava suas costuras ensinando também. Ela usava os moldes da revista “Burda”, alemã, de moda, que recebia mensalmente.
Anos mais tarde, a família voltou para Blumenau e seu pai continuou se dedicando ao seu trabalho de carpinteiro.

Já casada, refez a historia costurando para os 4 filhos, também usando os moldes “Burda” e aplicando os seus conhecimentos de corte e costura.

Foi então que uma amiga, proprietária de uma pequena confecção, ofereceu partilhar de seu sonho. Amparada por um apoio incondicional de seu marido, aceitou a parceria. Fundada em Novembro de 1990, a empresa surgiu para preencher um nicho de mercado em Blumenau: roupas profissionais brancas.

Como sua formação em costura era doméstica e muito baseada na revista alemã, decidiu-se usar modelagem europeia nos novos produtos, sempre buscando catálogos e revistas europeias como base para esse trabalho.

Decidiu-se pelo nome Coisas Brancas, com a gaivota em vôo como logo – inspirada no livro Fernão Capelo Gaivota – porque traduzia o objetivo e futuro, que era o de projetar-se para o alto, sempre.

A ideia foi e é de trabalhar para a área da saúde como hospitais, farmácias, laboratórios e clinicas em geral, fornecendo os jalecos, aventais e acessórios necessários ao bom desempenho das respectivas funções. Junto à primeira universidade da região, com escola de gastronomia, desenvolveu uniformes também para essa área. Após estabelecida como mercado de roupas brancas, partiu para a conquista de outros segmentos como uniformes para industrias, hotéis e também roupas sociais para escritórios e recepções de empresas.

Coisas Brancas começou com costura e loja numa sala pequena dentro do edifício Master Center, prédio situado na Avenida Martin Luther, próximo ao centro da cidade. Começando a crescer, a loja foi transferida para o Shopping H, na rua 15 de novembro nr. 759, segundo piso, onde está instalada até hoje, para atendimento direto ao consumidor. A confecção foi transferida para o bairro Salto, Rua Presidente Bento de Araujo nr. 139, onde ocupa uma área de 240m2.

Trabalhando com afinco, conseguiu firmar-se como marca de qualidade especial nos produtos que oferece.

Conta entre seus clientes hospitais e clinicas de Blumenau e região, além de restaurantes e hotéis que procuram pelo seu atendimento diferenciado. Também são clientes os acadêmicos das universidades da região em busca dos jalecos brancos necessários ao desempenho de diversos trabalho as inerentes aos cursos de medicina, farmácia, odontologia, química e gastronomia, entre outros.

Sempre oferece a melhor qualidade, seja no tocante aos tecidos – que busca entre os melhores fabricantes nacionais – ou à modelagem e acabamento de cada peça, proporcionando maior conforto ao consumidor.

Acompanhando a evolução dos tempos, os filhos agora se dedicam a continuar esse trabalho, inovando onde possível e sempre trazendo para os clientes formas de aprimoramento em seus uniformes profissionais, seja com novos modelos ou novas tendências.

]